quarta-feira, 14 de junho de 2017

Recitais do Bacharelado em Violão Homenagem aos 130 anos de Villa-Lobos

Continuando com a série mensal de recitais,o Bacharelado em Música, Habilitação em Violão, apresenta mais dois Recitais em Homenagem aos 130 anos de Heitor Villa-Lobos.


Violões da UFMT - Teresinha Prada, William Agnelo, Thiago Augsuto de Oliveira, Hoberdan Peno.
Convidado: Alexandre Ribeiro







Auditório do INPP - UFMT, fica próximo à Av. do Moinho.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Mestrando Glaucos Monteiro é selecionado para residência de composição


Glaucos Monteiro, discente do Mestrado em Estudos de Cultura Contemporânea, teve seu trabalho selecionado para uma residência junto à Orquestra  Experimental de Instrumentos Nativos – OEIN, de La Paz – Bolívia.



No início do semestre foi lançada uma convocatória do Programa de Residências em Composição 2017 da OEIN. Glaucos Monteiro enviou duas composições de sua autoria para a seleção. Acabou de receber resposta oficial confirmando sua aprovação como compositor residente, em agosto de 2017.

Glaucos desenvolve pesquisa sobre a temática da música contemporânea em performance de instrumentos nativos, orientado pela Profa Dra. Teresinha Prada, e integra o Núcleo de Estudos de Composição e Interpretação da Música Contemporânea - Necimc.  O viés de seu trabalho artístico-musical perpassa a questão da arte e resistência e o pensamento decolonial.  Neste sentido, a residência na OEIN será uma oportunidade fundamental para a pesquisa de campo e o desenvolvimento material de sua dissertação.

Entre as atividades, o residente terá encontros com os elencos titular e juvenis da OEIN, bem como com o Ensamble de Cámara; visitas às oficinas do Programa de Iniciação Musical; encontro com o Mestre construtor de instrumentos Vicente Torrez, com a diretoria da OEIN, com compositores que já atuaram  na OEIN, abordagem de instrumentos e técnicas instrumentais específicas.
O compositor residente deverá entregar una nova obra criada especialmente para algum dos elencos da OEIN até 6 meses posteriores da residência. Também deverá apresentar um trabalho – palestra, audição ou  comunicação – dedicado a compartilhar sua experiência com a OEIN.

A OEIN foi idealizada pelo compositor boliviano Cergio Prudencio em 1980, que atuou até 2016. Seu nome está gravado junto à Música Nova no continente, principalmente por seu êxito na herança cultural e contemporaneidade.

sábado, 3 de junho de 2017

Projeto de Marithê Azevedo é aprovado em 1º Lugar no Bolivia Lab 2017 de cinema.

Maria Thereza Azevedo docente do Departamento de Artes e do programa de pós-graduação em Estudos de Cultura Contemporânea acaba de ser selecionada em primeiro lugar no Bolivia Lab 2017, evento que apoia o desenvolvimento de projetos cinematográficos de profissionais de toda Iberoamérica. Seu trabalho Religare trata de três mulheres e a narrativa se passa em Mato Grosso.
Veja mais detalhes:






sábado, 13 de maio de 2017

Vem aí o I Concurso Solistas de Mato Grosso!

O que é: Concurso para músicos solistas (instrumento ou Canto) que atuem na Música de Concerto no estado de Mato Grosso.

Como participar: Seleção inicial por vídeo enviado ao Concurso; prova Semifinal aberta ao público para os Classificados; prova Final aberta ao público para os Finalistas.

Datas importantes: Inscrições de 25 de março a 25 de junho de 2017; 
Semifinais em Agosto; 
Final em 7 de outubro de 2017.

Local das provas: Semifinais no Auditório da FCA/UFMT; 
Final no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Todos os detalhes: Veja o Regulamento completo em

http://concursosolistasdematogrosso.blogspot.com.br/

 Dúvidas?
 concursosolistas@gmail.com
 


sexta-feira, 14 de abril de 2017

Encerramento de 2016/2 no Departamento de Artes/FCA... muitas atividades

Nas últimas semanas de aulas do segundo semestre do ano letivo de 2016, tivemos muitas atividades no Departamento de Artes na FCA – bancas de conclusão,  apresentações artísticas, recitais e palestra. Veja um pouco do registro desses momentos.

Recital de Música de Câmara - dia 12 de abril













Recital - Bacharelado em Violão - dias 12 e 13 de abril







Concertos na cidade de Cuiabá:
 
UFMT com a Corda Toda dia 11 de abril Teatro Universitário, projeto com orientação de Prof Dr Oliver Yatsugafu


Repercute UFMT dia 12 de abril SESC Arsenal, projeto com orientação do Prof Dr José Lacerda



 Recital final de semestre da OCAM - Orquestra de Câmara da UFMT, dia 13 de abril, no auditório térreo da FCA, reunindo discentes de Regência, Canto, Clarineta, Violino e Violão do Bacharelado e da Licenciatura em Música, prática de conjunto - Orquestra. Direção: Profa. Dra. Flávia Vieira; Coordenação: Prof. Dr. Oliver Yatsugafu. Repertório: P. Tchaikovsky (Trepak - Balé Quebra-nozes)  e W.A. Mozart (Sinfonia 40), com a solista Iasmin Medeiros (ária da Rainha da Noite - Flauta Mágica - Mozart)









Recital de Piano de Janaina de Morais, formanda em Licenciatura em Música, dia 06 de abril no auditório térreo da FCA. No repertório: Heitor Villa-Lobos: Bachianas Brasileiras nº 4 (1. Prelúdio 3. Ária-Cantiga); Robert Schumann: Papillon (opus 2); Sergei Rachmaninov: Melodia (opus 3 nº 3).



Em 11 de abril, o Programa de Pós-graduação em Estudos de Cultura Contemporânea trouxe o percussionista Prof. Dr. Eduardo Gianesella (UNESP) a convite da Profa. Dra. Taís Helena Palhares, para a Defesa Pública de Mestrado de seu orientando Ricardo Kalan Schwarz. Na banca, a Orientadora,  a examinadora interna Profa. Dra. Teresinha Prada junto com Prof. Gianesella. O trabalho defendido e aprovado foi: O gesto musical do baterista na música de concerto: um estudo da obra Cronos X de Roberto Victorio, tendo a presença do compositor na plateia.
No mesmo dia, prof. Gianesella realizou masterclass com alunos de Percussão do Prof. Dr. Zeca Lacerda, e no dia 12 de abril foi proferida a palestra sobre a escrita de música contemporânea para percussão.





 




 E atenção: já está sendo plenamente divulgado o I Concurso Solistas de Mato Grosso. Acompanhe as notícias no Departamento de Artes, Bacharelado em Música. Apoio: Faculdade de Comunicação e Artes.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

FCA: Performance emocionante hoje no final da tarde...

 ... mães de todas as polisplazas, mulheres, irmãs e filhas em busca de respostas...


Aconteceu hoje, 06 de abril, no final da tarde no saguão da Faculdade de Comunicação e Artes uma emocionante atividade coordenada pela Profa. Dra. Marithê Azevedo. Docente da disciplina de Performance no Bacharelado em Canto, Marithê idealizou uma ação em que um cortejo ficcional aborda múltiplas questões: os desaparecidos políticos, nos históricos anos 1970, os desaparecidos pela violência no campo e na cidade, em Brasil e América Latina, de conflitos armados, desde décadas atrás e ainda atuais. Assim, o cortejo simboliza um dilema bem latino-americano, mas em um atravessamento de vários espaços e tempos. Ali sentimos a presença feminina que luta pelo mínimo direito de enterrar seus mortos, desde a grega Antígona até a brasileira Zuzu Angel, das mães de la Plaza de Mayo de Buenos Aires às madres colombianas... em um coro de vozes a soluçar e a exigir, ao som de Angélica de Chico Buarque. Uma performance muito emocionante, sem dúvida.

Acompanhe as fotos:


















Segundo Marithê Azevedo, a proposta é agregar Graduação, pós-graduação e alunos que recebemos de outros países. Também a questão das Artes Híbridas – colaboração entre artes.
Estiveram na ação:
Alunas da disciplina Performance/Canto: Alexsandra Matos,  Iasmin Medeiros, July Anne Klos, Laura Marcyn, Luanna Fonseca, Thalita Padilha.
Daniela Leite e André Sontak – estagiários de docência do ECCO - Programa de pós-graduação em Estudos de Cultura Contemporânea/UFMT;
atrizes do Grupo Faces de Primavera do Leste: Ana Dorst, Thalia Quintania, Jeise Sá;
a atriz Karina Figueredo; Ana Lia Rodrigues (ECCO/UFMT);
maquiagem: Thereza Helena (ECCO/UFMT);
alunos de língua espanhola do ECCO: Ligeya Daza Hernandez da Colômbia, Joseph Art da Bolivia no video, Heidy Medina, fotografia. Também a colombiana Maria Isabel Giraldo mestranda em História e Nadya Serrano do Equador mestrado em Recursos Hidricos. Emanuelle Guedes (Música/UFMT) na percussão.
Direção: Marithê Azevedo